//Google Analitcs

Eu acesso! Junte-se à nós!

Pesquisar este blog

Siga-nos por E-Mail!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Dia Internacional do Crochê

A arte dos rituais. Da casa grande para a senzala

Não há evidência concreta sobre o quão antiga é a arte do crochê. A origem mais provável vem da técnica de costura chinesa, uma forma primitiva de bordado


A arte do crochê, como a conhecemos foi desenvolvida no século 16. A teoria mais provável é a de que o crochê se originou na Arábia e chegou à Espanha pelas rotas comerciais do Mediterrâneo. Há também indícios posteriores da técnica em tribos da América do Sul, que usavam adornos de crochê em rituais da puberdade. Na China, bonecas eram feitas com a mesma técnica.

 

Não há evidência concreta sobre o quão antiga é a arte do crochê. A origem mais provável vem da técnica de costura chinesa, uma forma primitiva de bordado que foi difundida no Oriente Médio e chegou à Europa por volta de 1700. O crochê começou a ser fortemente difundido em 1800. A francesa Riego de La Branchardiere desenhou padrões que podiam ser facilmente duplicados e publicou em livros para que outras pessoas pudessem começar a copiar os desenhos. Ela também inventou a técnica “lace-like”, conhecida popularmente como crochê irlandês. Os brasileiros escrevem crochê, assim como todos os outros povos de língua latina, mas a palavra foi originada de um termo existente no dialeto nórdico, com o significado de gancho, que também originou croc, que em francês tem o mesmo significado. Também em nosso país, as sinhazinhas ajudaram a difundir esta técnica ao ensinar a arte do crochê para as escravas que trabalhavam na casa grande, estas por sua vez, levaram este conhecimento para as demais escravas nas senzalas, iniciando assim, a popularização desta, e das outras artes manuais trazidas pelos colonizadores.

Autor : Da Redação
Fonte : Hipertexto
 
 
Bjimmm
 
Ivy